sábado, 21 de abril de 2012

Nossa missão

Eu meio que acredito nessa parada de ter uma missão para realizar na terra. Mas, isso sempre me deixou muito incomodada, pois eu não sabia qual era a minha. Eu imaginava que iria descobrir um dom, algo que eu realizasse maravilhosamente bem sem muito esforço... mas, isso nunca aconteceu, e o pior, me levou a desistir de muitas coisas. Por exemplo, na primeira aula de bateria (pintura, ballet, natação, equitação, piano, coral, educação física, taekwondo, capoeira etc) o professor não disse "Uau, você é muito boa nisso!", então, logo desisti.
Falando agora parece meio imbecil, mas na minha cabeça adolescente e sem muito auxilio fazia sentido, e era fácil. Mas, o tempo foi passando, as opções foram diminuindo, e nada em que eu me destacasse apareceu.
O que aconteceu foi que todo mundo tem que fazer faculdade, no Brasil é assim que funciona, vc deve primeiro fazer faculdade, para depois saber o que fazer com ela. E o pior, vc nem sabe que curso escolher.
Enfim, por algum motivo (algo entre amar praia e me sair melhor nas exatas) escolhi fazer oceanologia. Amei o curso, mas... me formei. Ainda não tinha muuuuito claro o que fazer da minha vida, tinha alguma ideia, mas como a oferta de emprego por aqui é rara e tenho alguma resistência em ir a Sampa ou Rio, me meti no mestrado. E bem, agora sim, eu me achei, quero ser ambientalista. Sei que ainda é algo abstrato. Mas, o que eu queria mesmo era escrever nesse post o que me levou a me descobrir, para poder dar a dica a um filho ou sobrinho...
Bom, acho que o primeiro passo é perceber o que mais nos incomoda. Qual é o problema com o mundo que mais nos preocupa. No meu caso foi o meio ambiente. Dentro dessa grande preocupação/tema, devemos achar onde nos encaixamos, levando em conta nossas vocações. Só assim nos sentiremos satisfeitos, e com a sensação de missão cumprida, ou em vias de, como é o meu caso. Podemos nos sentir parte da sociedade e trabalhar por ela de maneira genuinamente útil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos eduquemos juntos.