quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Cansado do PT? Porque?

Tenho o privilégio de fazer parte desse microuniverso chamado classe média branca. É um enorme e infeliz privilégio por várias razões: a mídia não me estereotipa de bandida, subalterna, horrorosa e ignorante. Não tenho medo de ter a casa invadida, o pai sequestrado pelo Estado. Me sinto pertencente a locais públicos, como universidade, shoppings etc.

Por outro lado, viver nesse universo me deixa cara a cara com opiniões e posições um tanto desconfortáveis. Agora em época de eleição a ignorância política/social de nossa classe fervilha. Eu me incluo nessa ignorância toda, pois seja por desinteresse, seja por incapacidade cognitiva não sei nada de política partidária. O que para mim tá tudo certo, uma vez que me assumi como anarquista e no fatídico domingo de eleições pretendo ir a praia, nem votar, nem anular, nem justificar. Me sinto a vontade com essa decisão porque não acredito no sistema eleitoral, sinceramente, você pesquisou todos os candidatos e propostas? De todos os cargos? E sabe qual é a função de cada um desses cargos, e acompanhará o desempenho de cada candidato eleito? E sente-se representada por tal criatura? Acho que pode ser que sim! Ótimo, mas o que tenho escutado me deixa confusa e chateada.

O maior argumento da classe média que vem falar de política comigo é que não vai votar na Dilma porque ninguém aguenta mais o PT! Cuma? Simples assim, saiu de moda, ficou cafona. A cada estação muda-se a estampa na vitrine do shopping, a cada eleição deve-se renovar o presidente! Tá mas você viu que bem ou mal houve enorme progresso na qualidade de vida da população carente, Planos e Políticas para adolescentes em risco social e pessoal, aprimoramento na Lei de Assistência Social, e essas coisas?

Acho que no auge do choramingo "classe média sofre" talvez seja justamente por isso que PT "saiu de moda". E aí vem a proposta da nova política.

E eu fico realmente confusa. Que inovação toda essa gente quer?! Aqui eu meio que me identifico, porque também quero revolução. "Eu, candidato pretendo romper com valores capitalistas, e acabar com toda e qualquer hierarquia. Ao longo do meu governo buscarei empoderar as pessoas de modo que a massa se desfaça em seres apropriados de si, que pensam de modo crítico. E juntos diminuiremos os poderes de bancos, empreiteiras, montadoras e demais multinacionais monopolizadoras." Mas, sinceramente, acho bem difícil que seja essa a inovação buscada por quem está "cansado do PT".

Acho que no auge de sua ignorância sociológica, de direitos humanos, despidos dos valores de Igualdade, Liberdade e Fraternidade, no topo de seu interesse mesquinho pela busca incessante de mais conforto, poder de compra e satisfação de prazeres sociais, de ampliar sua rede de servos, eles querem uma mudança chamada austeridade e retrocesso. Deus abençoe suas incapacidades de articulação, amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos eduquemos juntos.