domingo, 3 de julho de 2011

Sinceridade vs Orgulho


É engraçado como somos vítimas de nós mesmos... Por mais que ergamos a bandeira da sinceridade, nosso orgulho sempre estará a espreita, nos armando armadilhas ardilosas.
Eu não sei o porque disso, mas a qualquer ameça nosso cérebro bloqueia o tal ideal de sinceridade e o orgulho começa a agir, sussurrar "omitir não é mentir".

E assim vamos, com o pequeno deslise na nossa consciência, como um caroço de azeitona. O pior é que sabemos que há algo de muito errado nisso tudo, mas fantasiamos desfechos catastróficos, e achando que jamais possamos falar a verdade, vamos carregando no nosso peito uma fumaça negra.

Entretanto, o destino é gentil, nas maioria dos casos. E aquela conversa vem a tona, ou pq não podemos mais, e percebemos que não podemos, seguir em frente (isso para os de boa moral) ou por forças externas... e como mentir não é omitir, nosso segredo sai pra fora, e aí então, não é mais um conflito interno, passa a depender dos outros, como vão reagir?!

Bem, eu acredito que mesmo que seja um fracasso e vc esteja certo do quão horroroso foi seu segredo e sua vida social seja destruída, ainda sim, valeu a pena! A reconquista da pura sinceridade. E acho que na maioria dos casos, o que julgamos algo imperdoável e absurdo, na verdade pode ser visto por quem realmente nos ama como um pequeno deslize, tipo o que todo ser humano está apto a cometer.
A compreensão da cumplicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos eduquemos juntos.